O Festival

O Festival CUMPLICIDADES configura-se como um novo acontecimento em cada edição, variando no formato e na linha programática. Tal acontece com a cumplicidade de um/a programador/a que é diferente de cada vez, assegurando um olhar renovado sobre o panorama criativo na área da dança. Em torno desta programação articulam-se outras propostas de parcerias locais e internacionais. Cultiva-se esta diversidade de olhares e de intervenções no fórum público, acreditando que, assim, a arte pode alcançar um verdadeiro diálogo transversal na sociedade.

Alicerçámos o festival na ideia de cumplicidade, desafiando artistas, organizações e público a traçarem um mapa de Lisboa que se define a partir da dança contemporânea. Queremos marcar esta área artística no imaginário da cidade, reclamar esse território, ainda que conscientes de que os criadores nacionais, maioritariamente, praticam a pluridisciplinaridade e cultivam o hibridismo. Defendemos a heterogeneidade de propostas, incluindo as que desafiam classificações, sendo que é posicionando-nos dentro da dança que queremos questionar as suas fronteiras, a sua definição.

O Festival CUMPLICIDADES contempla artistas portugueses e estrangeiros, emergentes ou já reconhecidos, cujas áreas de trabalho podem ir da dança a disciplinas artísticas que trabalham o corpo e o movimento. Igualmente, é diversificada a tipologia de organizações que acolhem o festival e que contribuem para a dinâmica urbana através de um programa que visa a admiração e a inquietação, ambicionando alcançar e estimular um público também ele plural.

Francisco Camacho

Eira

A EIRA é uma estrutura de produção artística com mais de 25 anos dedicada ao desenvolvimento e produção nacional e internacional da dança contemporânea. Esta estrutura desdobra a sua ação na promoção de atividades de formação e pesquisa, e na organização de eventos, contribuindo para a oferta e desenvolvimento culturais em Portugal. A EIRA é hoje reconhecida um pouco por todos como uma referência na área da dança contemporânea, enquanto espaço de trabalho e de cruzamento de projetos e criadores.
Para além de produzir os trabalhos do coreógrafo Francisco Camacho, a EIRA tem apoiado inúmeros artistas portugueses e estrangeiros através de: Criação; Produção, Coproduções, Apresentação de obras; Residências de criação; Investigação artística; Cedência de estúdio para ensaios.

eira.pt